Conceito de: Orações coordenadas

Conceito de: Orações coordenadas

Acompanhe mais conteúdo no You Tube

Nós vamos tratar de análise sintática falando das orações coordenadas assindéticas e sindéticas.

ORAÇÕES COORDENADAS

As orações coordenadas são orações sintaticamente independentes.

De “grosso” modo, posso dizer que as orações coordenadas são orações de sentido completo.

O conceito de oração coordenada é ser sintaticamente independente, ser sintaticamente independente nem sempre significa ser semanticamente independente, ou seja, ter sentido completo.

Exemplo de uma canção de Reginaldo Bessa:

“O tempo não para no porto, 1º Oração

não apita na curva, 2º Oração

não espera ninguém.” 3º Oração

Observe que neste período existem três orações; temos três formas verbais que são: para, apita e espera.

Observe que na primeira oração a frase tem sentido completo, por isso é uma oração coordenada, neste caso é uma oração coordenada assindética.

Oração coordenada assindética é a oração que não apresentam conjunção, não apresenta síndito.

A segunda e terceira oração também são orações coordenadas assindéticas por não apresentar síndito.

As três orações são independentes.

Uma das razões pelas quais aprendemos o período composto: as vírgulas, sempre que houver orações coordenadas, a vírgula será obrigatória.

Se a frase fosse assim:

“O tempo não para no porto, 1º Oração

não apita na curva 2º Oração

e não espera ninguém.” 3º Oração

Observe que a última oração trata-se de uma oração coordenada sindética, por haver síndito uma conjunção e é sindética do tipo aditiva, pois a conjunção e dá uma clara ideia de soma, de adição.

Orações sindéticas são orações que apresentam conjunção, apresentam síndito.

Outro exemplo, trecho de um livro escrito por Tiago de Melo:

“Faz escuro, 1º Oração

mas eu canto.”    2º Oração

Observe que há duas formas verbais: faz e canto.

Aqui temos duas orações sintaticamente independente,

A primeira oração é uma oração coordenada assindética.

A segunda oração é uma oração coordenada sindética, pois apresenta síndito, pois apresenta a conjunção mas e é sindética do tipo adversativa.

Adversativa porque a conjunção mas dá uma clara ideia de oposição, de contraste.

Sempre que houver uma conjunção adversativa, a vírgula antes da conjunção será obrigatória.

Outro exemplo:

Ela é sua amiga – Oração coordenada assindética

portanto vai ajudá-lo. – Oração coordenada sindética, do tipo conclusiva, pois a conjunção portanto, transmite uma clara ideia de conclusão.

Exemplo canção de Caetano Veloso:

Esqueça os mortos, – Oração coordenada assindética.

que eles não levantam mais”. – Oração coordenada sindética, pois apresenta a conjunção que, sindética do tipo explicativa, pois dá uma clara ideia de explicação.

Conteúdos complementares

Como Estudar Português
Curso Completo Português Fácil, Fácil!
Ouça também nosso Podcast
Menu